Banner - Ciclo Ato Criador - Oi Futuro

O Ciclo O Ato Criador é a 5° edição de uma série de ciclos que vêm sendo realizados no Centro Cultural Oi Futuro, no Flamengo, desde 2006, um projeto patrocinado pela Oi e apoiado pelo Oi Futuro, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura pela Secretaria de Estado da Cultura do Rio de Janeiro, sob a curadoria e supervisão geral da atriz, jornalista, pesquisadora e gestora cultural Ana Lúcia Pardo. Representa, portanto, a continuidade e o desdobramento de um processo que teve o seu início com a primeira edição do Ciclo/Seminário “A Teatralidade do Humano”, de 2006 a 2007, que resultou no livro de mesmo nome, publicado com as Edições Sesc SP, lançado em 2010. Nesse mesmo ano, foi realizada a segunda edição do painel intitulado“A Teatralidade do Humano – Subjetividades e Políticas da Cena e do Mundo”, e em 2012, seguiu adiante com a terceira edição que ganhou o nome de “Ciclo Inter-Agir – Na Rua, Na Rede, Na Cena Contemporânea”. A quarta edição, realizada no período de dezembro de 2013 a abril de 2014, chamou-se “Espaços de Reencantamento, Afetos e Utopias de um Novo Mundo”.

Programa

#####.

####02/06 - terça-feira - 19h30

#####.

Tradição e contemporaneidade – com Mario Biagini e Tatiana Motta Lima.

Abertura: exibição do filme ‘Action in Aya Irini’. Duração: 1h15 min.

O quarto encontro do ciclo Ato Criador promove uma reflexão sobre tradição e contemporaneidade, olhando esse binômio a partir do teatro e da cultura ativa. O encontro será conduzido por Mario Biagini, diretor associado do Workcenter of Jerzy Grotowski and Thomas Richards, centro fundado na Itália, por Jerzy Grotowski, em 1986. A mediação será feita por Tatiana Motta Lima, professora de atuação da UNIRIO e autora do livro “Palavras Praticadas: o percurso artístico de Jerzy Grotowski”.

Sobre os palestrantes

Mario Biagini tem contribuído, por mais de 20 anos, com as pesquisas relacionadas à “Arte como Veículo”. Além disso, desde o início, assumiu responsabilidades criativas e pedagógicas que, a partir de 1987, o levaram a liderar uma equipe de trabalho no Workcenter, na qual atuou como diretor e ator principal. Em 2007, Biagini fundou o Open Program, cujo impulso investigativo está ligado à exploração de obras que, abertas à participação do público, mantenham vivas os aspectos característicos do processo sutil e interior das pesquisas da “Arte como Veículo”.

Tatiana Motta Lima é atriz, pesquisadora e professora adjunta do Departamento de Interpretação e da Pós Graduação em Artes Cênicas da UNIRIO. É autora do livro “Palavras Praticadas: o percurso artístico de Jerzy Grotowski”e tem acompanhado,desde de 1996, em diversos países (Itália,Rússia,França e Brasil), o trabalho prático do Workcenter.

O Workcenter, com sede em Pontedera, Itália, foi fundado em 1986 pelo diretor polonês Jerzy Grotowski, a convite do Centro per lª Sperimentazione e la Ricerca Teatrale. Neste espaço, Grotowski, um dos mais influentes artistas da história do teatro, iniciou e desenvolveu, até sua morte em 1999, a última fase de suas pesquisas criativas, chamada “Arte como Veículo”. Dando continuidade a este trabalho estão Thomas Richards (EUA) e Mario Biagini (Itália), respectivamente diretor artístico e diretor associado do Workcenter.

Jerzy Grotowski, considerado um dos mais influentes artistas de teatro do século XX, passou por diferentes fases na sua pesquisa. Nos 10 primeiros anos de seu trabalho,Grotowski transformou de maneira radical os conceitos ocidentais de teatro, espectador, ator e pedagogia atoral. Finalmente, no Workcenter, ele desenvolveu a última fase de suas pesquisas, a “Arte como Veículo”, onde, assim como em determinadas tradições antigas, a arte e seu artesanato estão relacionados a um trabalho sobre a interioridade do ser humano, a um “trabalho sobre si”.

PATROCÍNIO REALIZAÇÃO
Patrocinadores - Ciclo Ato Criador - Oi Futuro Realizadores - Ciclo Ato Criador - Oi Futuro

Algum titulo

##Teste

14 de Abril

2 de Junho

16 de Junho